Arquivo da categoria: Nave.org

TV Escola Digital Interativa

TV Escola Digital Interativa
Lá se vão quase 5 anos do Projeto TV Escola Digital Interativa.

Foi nessa época que comecei a trabalhar com o Luiz Algarra, Lourenzo Ferreira e Alberto Blumenschein, galera que até hoje está por perto fazendo coisas legais, pesquisando, estudando, aprendendo, etc.

Também nessa época, participaram deste projeto e fizeram parte da minha vida, meu colega Matheus Paschoal (gente boa pakas), Jean Claude Frajmund (camarada das antigas do Algarra e do Alberto), Claudio Gámbaro, Eduardo Zial (por onde andas??) e mais uma pá de pessoas legais.

Desse tempo, ficaram boas recordações, experiências, alegrias e este vídeo. Enjoy 🙂

Para entender um pouco mais de World Café e da Papagallis

Estes dias nós da Papagallis fizemos duas apresentações sobre nossa empresa e sobre o World Café (café com conversa como chamamos).

Aqui estão elas 🙂

Software Livre nas empresas

Bom, essa deu no jornal aqui da minha cidade (Curzeiro do Sul). Segundo o jornal, 56% das empresas no Brasil usam software livre. Isso não quer dizer que somente 44% das empresas usam software proprietário! Mas demonstra que o software livre vai se tornando cada vez mais confiável.

Fazia tempo que não falava sobre o assunto, afinal, andei muito sossegado com essa história, afinal, fazia 300 dias que não reinstalava meu sistema operacional. Fiquei todos esses dias usando o Ubuntu 7.04 e esqueci dos problemas…. 300 dias sem vírus, problemas, etc. etc… até que uns dias atrás minha máquina ficou pirada quando tentei fazer um upgrade para a versão 7.10 do Ubuntu. O jeito foi reinstalar tudo.

Agora to de Ubuntu 7.10, mais rápido por sinal… mas esta é outra história.

Voltando ao assunto, o número é maior nas grandes empresas, algo em torno de 76%. Nas pequenas empresas, pirataria e software proprietário ainda é a alternativa mais usada (como na empresa do meu pai!).

Uma coisa eu queria saber de verdade. Quantos seriam os usários domésticos de software livre no Brasil?

Se descobrir posto aqui.

Mapas mentais e árvores hiperbólicas.

Quem já usou o freemind sabe como ele facilita o entendimento de uma realidade. Seja uma questão social ou seja uma questão técnica, a organização provida por um mapa mental facilita nosso entendimento e nos ajuda a tomar decisões. Por que? Não sei exatamente, mas pude experimentar a sensação de ter mais firmeza para tomar uma decisão ao fazer um mapa mental com o freemind.

Hoje conheci mais uma ferramenta que nos ajuda no entendimento da realidade por meios digitais, a árvore hiperbólica. Na verdade, os dois conceitos são muito parecidos (se não forem os mesmos).

Estava pesquisando informações sobre telecentros e tive a felicidade de achar, por acaso, uma árvore hiperbólica de telecentros. Vale a pena vocês visitarem, não somente para entender o que é um telecentro, mas também para entender o que é uma árvore hiperbólica:

http://www.telecentros.desenvolvimento.gov.br/sitio/informacoes-empresariais/arvore/arvore/

O mais legal, é saber que o Governo brasileiro disponibilizou o software e seu código para quem quiser utlizar:

http://repositorio.agrolivre.gov.br/projects/hipereditor/

A partir daí, estive pensando: – e se nós gerarmos mapas hiperbólicos dos conteúdos de uma wiki, lendo os links internos de cada artigo e transformando estes links em nós filhos? É claro, um nó filho acaba quando não há mais ligações internas. Acho que vai ser do ca..lho!