Arquivo da tag: barra do dia

A Barra do Dia – Uma ciranda de Siba e a Fuloresta do Samba

Soldado de aldeia

Os soldados de aldeia

Quebram pedra com uma pruá

Toca colheita na rua

Dá-lhe não dá-lhe, alumeia

Morena faceira

Você porque não vadeia

Tem peixe na maré morta

Tem côco na chã de areia

Barra do dia

Às 4 da madrugada os galos todos cantavam

As moças se alegravam

E lá vem a barra do dia

Levanta a barra de chuva

Onde a baleia passeava

Os passarinhos cantavam

E os sinos todos batiam.

Batia o sino e dizia

Que o brilho de prataria

Da estrela Dalva anuncia

Lá vem a barra do dia

Lá vem a barra do dia

De longe ainda se ouvia

Trovão com fuzilaria

E a chuva se despedia

Lá vem a barra do dia

Lá vem a barra do dia

Quem acordava assistia

Na praia que o rio mordia

Oo sol marchando e dizia

Lá vem a barra do dia

Lá vem a barra do dia.

[display_podcast]